segunda-feira, 9 de março de 2009

Despedida


A dor que se sente quando alguém se afasta de nós,
a vontade de gritar, pedir para que seja mentira....

O aperto no peito,
palavras que teimam e ardem na boca mas não saem...
Tantas coisas por dizer, tantas ditas com menos valor...

A lágrima que mesmo que não corra, cai solitária dentro de nós...
A fúria de querer voltar atrás,
de parar esse relógio gigante que é a vida e nos separa...

A sede de querer o que tá longe e vê-lo partir sem nada poder fazer...



2 comentários:

Bruno S. disse...

A minha curiosidade, prende-se com o saber quem é a pessoa que te motiva tanta inspiração na hora de escrever?
È felizardo pela certa...
QUerias noticias minhas, pois aqui tens...beijos

Bruno...

LadyButerfly disse...

;) Sortuda sou eu , em poder escrever... Tudo de Bom meu lindo!!! Espero que estejas verdadeiramente Bem...