quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Vem aí 2010...

Pra todos vocês e já para começar bem,
um excelente 2010...

Muito se costuma pedir á meia-noite,
pois este ano disse a mim mesma que só vou pedir uma coisa,
que as pessoas que eu amo me acompanhem por todo este ano,
mesmo sabendo que é imprevisível,
é esse o meu desejo...

E sim podem estranhar eu pedir algo a curto prazo,
mas aprendi a não pensar muito num futuro longínquo...

FELIZ 2010...

domingo, 27 de dezembro de 2009

Viver...

Os dias corriam vazios,
vãos,
ocos,
como se nada me preenche-se...

Cada passo,
cada gesto,
cada centímetro de ar respirado,
me cansava
e me inundava de tédio...

Cada dia era uma tortura,
que pouco a pouco me arrancava
mais um pedaço de mim mesma...

Viver era apenas ter cá dentro um coração,
que batia sem motivo aparente...

Viver era apenas existir no meio de tantos outros...

Conhecer-te,
isso sim fez-me viver verdadeiramente,
viver como nunca antes tinha vivido...

Viver com força,
com vontade,
com motivo,
com amor...

Isto sim é viver,
viver-me,
viver-te,
viver-nos...


quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Boas...


Pois é to de partida...
Passar natal com amor, com a familia...

Quero desejar um Feliz Natal a todos...

Com Saúde, paz e harmonia...

Se possivel ao quentinho de uma lareira... ;)

Abreijos...

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

sábado, 19 de dezembro de 2009

O Natal...


Pois é... o Natal...

Pois é...
todos falam nele...

Época bonita,
de paz,amor,partilha...

Pois é...
eu cá não acho...

Eu cá digo...

Sim o Natal JÁ FOI isso tudo ...

Hoje o que é!??

CONSUMISMO...
VAIDADE...
GASTOS VÃOS...

Deixemos-nos as falsas imagens,
de palavras bonitas,
de frases feitas...

Já lá vai o tempo em que o Natal era paz,
juntando famílias em amor,
onde o importante era estarmos juntos,
á lareira rindo conversando,
trocando brincadeiras,
ceando mesmo que numa mesa pouco farta,
onde um beijo,
um abraço,
um sorriso largo,
era a melhor de todas as prendas...

Hoje... hoje nem sei como apelida-lo,
esse que tanto significado teve para mim,
e que hoje tão pouco dele sei dizer...

Pois é...


quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Não fiques triste...



Não quero chorar mais,
não quero que chores mais...

Não quero sentir tristeza,
nem quero que sofras mais por mim...

Não quero pensar em mais nada a não ser em mim,
pensa também um pouco (muito) em ti...






quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Daria tudo... se pudesse!!!

O caminho tem sido longo,
doloroso,
posso até afirmar dizer que tem sido penoso...
Com constantes lutas,
encruzilhadas,
dias arrasadores,
daqueles em que parece que jamais nos levantaremos...
Mas amo-te acima de tudo,
e sei que juntos iremos chegar ao nosso "Happy End"...


domingo, 29 de novembro de 2009

Sem dó nem piedade...


Há dias em que não me reconheço,
em que eu não sou eu mesma,
como se me transfigura-se
ou fosse apoderada por um outro ser,
que com todas as suas forças
me suga toda a energia...

Me esvazia a alma,
me flecha o coração,
me esgota como se me
esmaga-se sem dó nem piedade...

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

I´ve hurt myself, by hurting you...

Quando as palavras custam a sair,quando o coração está cheio, a abarrotar de sentimentos...Nada melhor do que uma boa música...

( talvez conclua depois o texto, agora não me apetece)

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Coisas que se sentem... mas não se conseguem explicar...

Há aquelas coisas que simplesmente acontecem,
que apenas se conseguem sentir,
que são tão fortes, tão boas, quase imcompreensíveis,
quase impossíveis de explicar,
apenas se sentem, se vêem num olhar, numa palavra,
Há coisas que não se conseguem explicar...
AMO-TE...



terça-feira, 17 de novembro de 2009

???...

Hoje sinto-me assim...
Não sei o que sinto
não sei sequer se sinto,
ou se quero sequer sentir
o que acho que sinto,
por ser doloroso pensar só
em sentir o que quer que seja...

domingo, 15 de novembro de 2009

Escapar-me entre os dedos...


Como o areal não consegue segurar as ondas
quando as sente a tocar-lhe,
como a areia que escapa
nas mãos brincalhonas de uma criança,
como o sol no final do dia
que se escapa no céu...

Como um leve sopro
que parece cortar de tão frio ser e rápido passar,
como a luz vaga
e rápida de um trovão...

Hoje senti-te assim...

Senti que te perdia não aos poucos
mas sim de uma maneira rápida, fútil e cruel...

De uma forma tão fugaz
que me tirava o ar,
que me magoava violentamente...

Que me cortava por dentro
sem piedade,
sem sentimento...

Hoje senti-te escapar-me entre os dedos...

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Never let go...



Se...


Se há dias em que o coração
parece que vai sair pela boca,
em que dá aquele aperto no peito
e um nó na garganta que parece que nem nos deixa respirar...

Se há dias em que a tristeza
a angústia e a impotência,
nos inunda sem pedir autorização...

Em que por mais que rias
ou chores,
por mais que te tentes esquecer do que te vai por dentro,
nada parece diminuir a dor...

Então hoje é um desses dias...

E tudo o que mais quero é apagá-lo...

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Apenas....DESCULPA

Apenas peço desculpa por falar demais..
Por deixar os fantasmas,
os medos,
as inseguranças,
falarem ás vezes mais alto do que o sentimento que tenho por ti...

Desculpa cada palavra dita sem pensar ,
cada impulso ,
cada barreira que ergo cada vez que te aproximas...

sábado, 31 de outubro de 2009

Amar-te é mais..


Mais que um sorriso,
que um abraço,
mais que um beijo,
que desejo...

Mais que um olhar trocado
mesmo que de longe,
que um suspiro atirado
no meio do prazer...

Mais do que palavras,
que simples marcas,
mais que tentação,
que mera paixão...

Amar-te é mais,
do que muito mais,
que eu possa dizer...

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Hoje o dia foi doloroso...



Daqueles dias em que a vontade é de voltar atrás no tempo,
regressar á cama,
fechar os olhos e acordar no dia antes,
esquecendo tudo o que se passou...


Daqueles dias em que tudo o que faças,
tudo o que digas,

e qualquer que seja a tua maneira de agir
nada vai parecer suficiente,
tudo vai piorar a situação...


Hoje vou deitar-me com o coração apertado,
deitar-me-ei com menos um pedaço de mim,e com mais uma ferida para sarar...

sábado, 24 de outubro de 2009

Nunca...


Nunca tinha pensado,
em como um olhar pode dizer tanto
sem sequer falar,
em como um sorriso pode expressar tudo,
mesmo sendo um simples esboçar...

Nunca tinha imaginado
como um pensamento pode doer tanto
sem sequer nos tocar,
como pode permanecer tanto tempo cá dentro sem sair...

Como alguém nos pode tocar tão forte
mas de forma tão doce,
tão intensamente
mas com uma ternura enorme...

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Há dias felizes...


Dias em que o destino,
os astros,
o mundo,
ou um qualquer ser superior,
conspiram para que tudo corra bem...


Dias em que nos cruzamos com aquela pessoa única,
que pensávamos até então não existir...


Momentos em que só aquela pessoa
faz os nossos dias serem únicos,
que nos faz sentir a nós mesmos
os seres mais especiais...

Aquela pessoa como tu que me aclara os dias,
me aquece as noites,
e me faz sonhar...

Que me faz voar bem alto
onde só eu consigo chegar,
e onde só nós existimos...

Onde nada nem ninguém nos pode separar,
onde juntos seremos um só,
e só de nós precisamos...

Amo-te...

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Quero...


Quero pensar que o dia já chegou,
que os meus olhos já alcançaram os teus,

e as nossas mãos nervosas já se tocaram...

Quero acreditar que não falta um só segundo,
para estarmos unidos num doce abraço
do qual não quero mais sair...

Quero sentir que és meu,
e amar-te com todas as minhas forças,
hoje,
amanhã,
e para sempre se assim o quiseres...



terça-feira, 13 de outubro de 2009

Cavaleiro Andante...


O dia estava lindo,
o sol brilhava e estava quente...

Só o meu coração permanecia frio
triste e sem cor,
como se nada mais lhe restasse
a não ser recostar-se e adormecer só...

Apareces-te e fizeste-o sorrir
recuperar a vida,
querer bater forte de novo...

Trouxeste contigo um vendaval de emoções boas
que quero saborear,
deleitar,
e sentir para sempre...

Adoro-te...

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Felicidade...


Quando conseguimos fazer alguém sorrir,
quando nem que apenas por um segundo
conseguimos fazer alguém esquecer o que é mau,
sem nada pedir em troca...

Quando sentimos felicidade na felicidade de alguém,
e sorrimos por vermos sorrir...

Isso sim é ser feliz...

Viver feliz...

domingo, 4 de outubro de 2009

Por quantas vezes...


Quanta vezes
te apeteceu subir as escadas rolantes em sentido contrário,
sair para a rua desnudado
mesmo quando chove a potes...

Seguir na rua sem ser pelo passeio
em plena hora de ponta,
levantares-te da mesa á hora da refeição
sem pedires licença,
quando toda a família está reunida...

Gritares em plenos pulmões
num teatro cheio de gente,
mesmo no meio de um bailado...

Quantas vezes te apeteceu seguir as coordenadas erradas,
nadar contra a maré,
dizer o que ninguém tem coragem de dizer,
fazer o contrário do que te querem impingir,
esquecer as regras,
o politicamente correcto...

Quantas por quantas vezes...

sábado, 3 de outubro de 2009

Se....

Se nos tivessemos tocado antes...

Se antes nos tivessemos visto,
antes de tudo o que temos,
de tudo o que já vivemos...

Se fossemos os primeiros das nossas vidas,
o começo das nossas procuras,
o inicio do nosso destino...

Se fossemos o principio de tudo,
como se esse tudo bastasse...

Talvez não fosse tarde,
talvez fosse o momento...

Mas será que agora temos esse tempo,
será este o momento!??

Deverá ficar para já calado o ADEUS....!?

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Um aninho...

Pois é...

Faz um aninho que escrevo humildes palavras aqui neste espaço virtual...

Um ano em que tentei transmitir não só o que sinto,
o que vivo,
mas também tento ajudar quem me lê,
dar-lhes alguns momentos de alegria e partilha...

Tento dar alento e abrir mentes...

Um ano de palavras,
de escrita,
de sentimentos partilhados...

Agradeço a todos os que me lêem,
e principalmente a quem está "De olho em mim..."

Aqueles mais chegados...

Adoro cada um de vocês...

Não faria sentido escrever , se não fossem vocês...

Obrigada...

sábado, 26 de setembro de 2009

Sem palavras...

Cada momento...
Cada traço...
Cada odor...
Cada som...
Permanecerá...



sexta-feira, 25 de setembro de 2009

....????

Quando o caminho parece levar a uma encruzilhada,
cada passo para a frente parece levar a vinte passos atrás...

Quando cada movimento que faças,
te pareça que andas em círculos...

Como se mais valesse não sair do lugar,
não te moveres...

Pensa duas vezes,
luta vinte mais,
e vive pra vencer...

domingo, 20 de setembro de 2009

Será???

Será assim tão fácil deixar para trás bons momentos...

Partir sem olhar para trás,
seguir sem sequer fazer perguntas...

Olhar o nascer do sol no horizonte,
não pensando no luar de ontem...

Não lembrando o passado,
vivendo o agora,
não sonhando com o amanhã...

Esquecendo cada passo dado,
cada palavra dita,
cada gesto...

Será possível, viver, esquecendo?

Será melhor esquecer vivendo?

Será...


sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Presos por fios...


Senti-te em mim...

Agarrei-te forte,
com todas as forças,
como se nada mais importasse
a não ser ter-te perto...

Olhei para ti bem fundo...
Esse olhar dizia o mesmo que o meu,
o coração batia com a mesma força e ritmo,
como que em sintonia...

A dor que li neles,
a dor que senti em ti,
era igual á minha,
o medo a angústia...
Mais uma vez foste...

E sei que a luz que neles vi
ao dizeres adeus,
era de um imenso medo de não voltares...

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Dias não...

Dias em que apetece esquecer a razão
em que nada parece importar,
o relevante deixa de ter valor
e apenas interessa o que sentimos,
o que queremos,
o que desejamos...

Como se tudo o resto
fosse uma migalha nos nossos dias,
onde querer o impossível por momentos se torna menos utópico,
onde cada palavra
por mais forte e dolorosa que pareça,
ganha uma força imensa,
e apronta-se a sair sem sequer pedir para o fazer...

Onde a dor é atenuada pela raiva,
pela vontade insana de querer o que não se pode ter...

domingo, 13 de setembro de 2009

Ir atrás e voltar...


Hoje olhei a minha vida com outros olhos,
olhei-a por fora,
como se não fizesse parte dela...

Celebrei de novo as minhas vitórias
como se nunca as tivesse antes vivido,
sofri as minhas tristezas e angústias
como se outrora não as tivesse sentido...

Lambi as minhas feridas
tentando sarar as que nunca corei,
e aumentei as rugas de expressão
de tantos risos que de novo dei...


quinta-feira, 10 de setembro de 2009

O lado bom da vida...

O dia estava ameno
mas o coração não,
esse batia rápido e descompassado
não sabendo sequer que notas tocar...

O nervoso miudinho
percorria cada centímetro do meu corpo,
num misto se sensações e emoções estranhas...

Senti-me estranha,mas bem...

Livre, mas presa a ti...

Receosa, mas feliz...

Foi um dia para recordar no meu lado bom da vida...



domingo, 6 de setembro de 2009


Para quem se questionou, querendo saber o que andei fazendo nestes dias...


Para quem notou a minha ausência e até para quem não reparou que estive out...


Aqui vai uma pequenina amostra... ;)


E pra vocês que revi neste fim-de-semana... só digo ADORO-VOS...


(Para desfrutarem melhor da música do vídeo , pausem a do blog... ;) )




quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Fim-de semana em grande...

Pois é em breve haverá noticias, do porquê da minha ausência...

Mas acreditem foi por um bom motivo... ;)

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Para todos que amam, sentem e vivem...


Rasgos de vontade, de desejo, de loucura...

Vontade de esquecer,
mas ao mesmo tempo querer ter o que nunca foi nosso...

Desejo de voltar,
para aquele lugar onde já fomos felizes...

A loucura de sentir a vontade de partir para perto desse alguém...

(Sejam felizes, lutem, vivam , sintam, nunca desistam de procurar a felicidade... Mas não se iludam com falsas felicidades, com parecenças... Não sobrevivam, vivam...!)

domingo, 23 de agosto de 2009

Querer viver...


Há pessoas para quem um sorriso não basta,
para quem um olhar nada diz,
para quem as palavras têm pouco significado,
e poucos actos as realizam profundamente...

Pessoas ocas,
que não entendem o significado que podem ter pequenos momentos...

E há pessoas como tu e eu,
que dariam tudo por um momento por mais curto e fugaz que fosse,
por um olhar nem que á distância de alguns passos,
por essas palavras que mesmo pequenas tanto valor têm
e tanta falta nos fazem,
por pequenos actos que por serem nossos
se tornam imensamente profundos,
por tudo isso que nos faz querer viver profundamente...

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O sonho...


Confiei em ti,
deixei os medos,
os entraves,
os preconceitos...

E finalmente ali estávamos
frente a frente,
olhos nos olhos...

As mãos tremendo
e um turbilhão de borboletas pareciam voar dentro de nós...

Permanecemos assim olhando-nos durante minutos,
como se aquele momento não fosse real,
como se não acreditássemos que finalmente estávamos juntos,
travando uma luta de sentimentos e vontades,
tentando apanhar o fio de tão longa meada...

As tuas mãos tocaram as minhas,
as nossas tocaram nossos corpos,
nossos corpos uniram-se tocando nossas almas,
essas juntas amaram-se e fundiram-se numa só...

Não queria acordar,
não queria acabar com o sonho lindo que sonhei...

terça-feira, 18 de agosto de 2009

...

Hoje a vida fez-me acordar cansada,fez-me sentir em baixo...

Hoje apetecia-me apenas ficar assim sem nada pra fazer,
sem prazo para sair,
sem tempo para mudar...

Hoje a vida fez-me sentir assim sem vontade de acordar...

Mas como sou mais teimosa que ela,
vou-a superar... ;)

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Por um pedaço de nada... Não vou deixar...!


Não quero esquecer-me de ti,
do teu sorriso,
do teu aroma...


Da forma meiga como me olhas,
quando juntos permanecemos no nosso Mundo...


Não quero perder um segundo de nós,
nem deixar escapar uma palavra dita...


Não vou deixar que se perca o que temos,
o que queremos,
por um pedaço de nada...


terça-feira, 11 de agosto de 2009

Amizade grande e pura...


Hoje falei com um amigo ,
um daqueles verdadeiros,
daqueles com que podemos contar sempre...

Não pude deixar de sorrir
não consegui esconder a minha alegria,
lembrei velhos tempos
bons momentos,
longas conversas á luz da lua...

Os sorrisos,
os abraços,
as confidências,
todas as brincadeiras que alimentavam...
o nosso sentimento...

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Um amor sem fim...


50 anos...

Uma caminhada longa feita a dois...
Onde já ouve alegria imensas,
lágrimas gigantes,
dores tremendas e lutas constantes...

Onde cada minuto valeu por cada dia que viveram juntos e que valerá por muitos mais que irão viver...

Muitos parabéns!!
Sejam sempre felizes, mesmo no meio da confusão da vida, como foram até hoje...

Adoro-vos


sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Quis...

Fechei os olhos
e pedi com todas as forças para voltar atrás,
para rever os dias em que nosso coração batia forte só de nos olharmos...

Aqueles dias em que só o facto de nos tocarmos
nos fazia vibrar,
como se nada mais existisse no Mundo,
como se o Mundo fossemos nós,
onde nada mais era preciso,
onde nós nos alimentávamos e vivíamos de nós mesmos...

Quis voltar a sentir o que antes sentíamos,
quis voltar a sorrir como antes sorriamos,
quis voltar mas não deu,
será que o que tínhamos já se perdeu...?

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Um só...

O teu olhar e o meu uniram-se...

A nossa respiração apressada
bailava no mesmo compasso...

As nossas mãos passaram a uma só
assim que docemente tocaram os nossos corpos,
nossos lábios passaram a um só
assim que se uniram um longo e terno beijo...

Pouco a pouco,
caricia a caricia,
nossos corpos tornaram-se num só,
perdidos num mar de desejo e amor
que aumentava a cada gesto a cada sussurro...

Não nos largamos nunca mais,
e assim
o EU e o TU,
passaram a ser um NÓS que tanta gente deseja vir a ter...

domingo, 2 de agosto de 2009

A minha vida...


Uma multidão amontoava-se naquela sala imensa,
nunca pensei sentir-me tão só no meio de tanta gente,
os sons misturavam-se e a manta de luzes era alucinante,
a mistura de cheiros e odores tornavam o ar pesado...

Por momentos quis fugir,
tinha jurado a mim mesma
não ir aquele sitio naquela noite nem que pagassem,
e afinal lá estava eu como que empurrada para a forca...

Que raiva,
estava tão bem na solidão do meu sofá,
perdida em pensamentos loucos,
mas não, tinha de ser levada para este fim de mundo,
onde pessoas que nem se conhecem agem como se se cruzassem todas as noites...

Se tivesse o puder de me esfumar
nem pensava duas vezes,
que ódio que me mete este monte de pessoas fúteis ,
que invadem tantas vezes as nossas vidas sem sequer pedirem licença...

Como será possível deixarmos,
permitirmos sequer que tentem,
eu não vou mais dar essa autorização...

A partir de agora quem manda na minha vida sou eu,
quem me guia e decide o que faço,
sou só e apenas EU...


sábado, 1 de agosto de 2009

Profundamente...

Hoje mais do que nunca
quis com todas as minhas forças ser feliz...

Olhei a vida com olhos de quem quer viver,
abracei-a como nunca antes a tinha abraçado,
e juro que desejei não ter de partir nunca...

Hoje mais do que nunca quis viver,
perder-me por ai
mesmo sem saber onde ia parar,
desejei puder ter o poder de desafiar a morte...

Hoje,
agora
e sempre,
quero e vou
viver profundamente...


( http://www.youtube.com/watch?v=TlDInVqv8cs )

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Não...

Não peço muito,
não peço quase nada,
não exijo,
não reclamo se não tiver...

Não faço fitas,
não me exalto,
não grito só para ter...

Não choro mais,
não fico magoada,
já não fico triste por não conseguir...

Mas conformada,
isso não ficarei nunca,
deixar de lutar para ter não deixarei nunca...

domingo, 26 de julho de 2009

Quero perder-me no teu deserto...


Mergulhar no mais lindo dos teus oásis,
implorar de sede
pela água que só teus lábios me podem dar...

Deitar-me e rebolar em ti
sentindo areia firme...

Esquecer que nele posso morrer,
que nele posso perder,
o resto do resto que há em mim...

Quero esquecer o medo que sinto
por querer de ti tudo o que quero,
mas não pedindo nada em troca...

Esperar que digas que a tempestade passou,
e que o teu areal é meu...

sexta-feira, 24 de julho de 2009

A minha Felicidade na Felicidade de alguém...


Hoje sinto-me bem comigo mesma,
e quero partilhar isso com todos vocês...

Finalmente recebi uma boa noticia,
vou passar a poder ajudar quem mais precisar...

É isso mesmo,
sinto-me feliz não por mim,
mas pela felicidade que algo "meu", pode trazer a outro alguém...

Acho que uma das melhores maneiras de ser feliz,
é fazendo feliz alguém, e sendo feliz ao mesmo tempo...

Estarei a vaguear? Estarei errada?
Não sei só sei que a mim fazer feliz alguém,
dar um pouco de mim a alguém,
faz-me feliz...

E acreditem não custa nada...
E no fim verão como enche o coração...

domingo, 19 de julho de 2009

Viver sem viver...


Não olhes como se não me visses
como se eu não estivesse presente,
não ajas como se eu não existisse
e a tua vida não se cruzasse com a minha...

Não faças de conta que ao passarmos lado a lado
não reparas-te em mim,
que quando se levantou aquela brisa da noite
não sentis-te a minha presença...

Se for para ser assim,
continuar indiferente a mim,
eu parto...

Prefiro estar sozinha,
falar sozinha
ver-me sozinha,
do que permanecer neste estar sem estar,
continuar a enganar-me com a minha própria presença,
parecer um fantasma na minha própria vida,
ver-me vivê-la mas de fora
sem sentir que a vivo...

sábado, 18 de julho de 2009

Pois é...


Hoje a borboleta voou...

Percorreu céus nunca antes voados,
mergulhou em mares profundos nunca antes navegáveis,
sonhou e sentiu-se a tocar bem alto onde ninguém antes tocou...

Julgo até que por momentos ouviu
o bater leve das asas de um qualquer anjo querubim,
talvez o tal que olha por ela e a impede de seguir o caminho errado,
de dar o passo em falso,
de sair magoada dos seus voos mais altos...

Acho até que por momentos se sentou numa nuvem
olhando o mundo cá em baixo,
vendo quem mais ama,
olhando a vida de todos os que fazem parte da sua vida,
seguindo os passos de cada um
e soprando ao seu ouvido para que mesmo sem a ver sentissem a sua presença...

A borboleta partiu em mais um dos seus sonhos loucos,
em mais um voo vertiginoso,
sem rumo,
sem regras,
sem horários a cumprir...

Sentiu-se livre
linda e majestosa,
sem receios que qualquer caçador furtivo lhe parasse o voo...

Mas não querendo muito arriscar,
logo voltou á terra
sacudiu as asas e recolheu-as,
escondendo-as assim dos outros
para que ninguém saiba o seu segredo,
pousou os pés em terra e seguiu o seu caminho
mas andando...

quarta-feira, 15 de julho de 2009

O Amor...

Não perguntem o que é,
pois ninguém saberá responder...
Muitos poderão tentar,
mas a verdade nunca a encontrarão...

Não tentem sequer perceber,
dariam em loucos muito antes...

Não perguntem porquê,
nem como,
nem quando...

Vivam,aproveitem,sintam,explorem,cuidem...

Se o têm não o percam,
não o deixem morrer,
não o deixem sequer dormir...

Se não o têm,
ele virá,
quando menos esperarem,
sem sequer notarem,
são envolvidos nos seus jogos,
nas suas armadilhas,
nos seus encantos...

E aí,
só uma coisa devem fazer,
vivê-lo,
com todas as forças,
vivê-lo ao máximo,
ser feliz com ele,
e principalmente para ele...

Porque isso,
isso é...AMAR...