quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O sonho...


Confiei em ti,
deixei os medos,
os entraves,
os preconceitos...

E finalmente ali estávamos
frente a frente,
olhos nos olhos...

As mãos tremendo
e um turbilhão de borboletas pareciam voar dentro de nós...

Permanecemos assim olhando-nos durante minutos,
como se aquele momento não fosse real,
como se não acreditássemos que finalmente estávamos juntos,
travando uma luta de sentimentos e vontades,
tentando apanhar o fio de tão longa meada...

As tuas mãos tocaram as minhas,
as nossas tocaram nossos corpos,
nossos corpos uniram-se tocando nossas almas,
essas juntas amaram-se e fundiram-se numa só...

Não queria acordar,
não queria acabar com o sonho lindo que sonhei...

2 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

É só fixar (fixar mesmo) o teu pensamento na pessoa que sonhaste que, com certeza, sonharás com ela novamente.

Beijos,

Furtado.

Galahad disse...

Imagino que a vontade de acordar fosse nula... enfim.

Se fores como eu... será com toda a certeza bom pressagio.

Beijinhos...
Sir Galahad.